Sam Reich

Sam Reich

Sam Reich é um produtor, diretor, ator e escritor. Ele é o responsável pelo conteúdo original presente no College Humor e também mantém um blog próprio, o SamReich.com. Nesta entrevista traduzida, originalmente feita pelo site Street Fighter Devotion, Sam fala sobre a produção e direção da mini-série humorística Street Fighter: The Later Years, onde os personagens do nosso amado game são satirizados após terem caído no ostracismo depois de Street Fighter 2. A entrevista é antiga, pois tanto a série ainda não havia sido terminada, quanto SF4 ainda não havia despontado no horizonte para reerguer a franquia. Confiram!

***************************

Olá Sam! Obrigado por compartilhar um pouco do seu tempo para esta animada entrevista!

R: O prazer é todo meu.

Deixa eu começar perguntando, como a idéia original para SF Later Years surgiu?

Originalmente a idéia era criar um escritório temporário para heróis falidos, um lugar onde pessoas como Gambit e Batmoça poderiam ir para trabalhar. Alguém mencionou a idéia de ser um pouco como "Os Incríveis", então começamos a pensar sobre Street Fighter, e que tipos de trabalhos os personagens poderiam ter mais tarde em suas vidas. Eu fiz um brain storming disso: Dhalsim pode ser um motorista de taxi, Blanka um eletricista, etc. A história iniciou aí.

Pode nos falar um pouco do processo de produção?

R: Nós estivemos produzindo a série Street Fighter desde o início do College Humor TV. Quando nós iniciamos, era somente eu no elenco de produção, escrevendo, produzindo e dirigindo. Dan Gurewitch, meu brilhante e hilário parceiro de desenvolvimento, escreveu os últimos sete episódios. Nós desenvolvemos estes episódios à frente da produção para ter um sentido de série como um todo. Produzi-lo tem sido difícil porque nós temos somente cerca de doze atores disponíveis em um dia.

Onde você filmou?

R: Nós utilizamos locais na cidade de Nova York. Vários Street Fighters apareceram em Williamsburg, Brooklyn. Zangief foi demitido de Barcade, que é um bar/fliperama muito popular em Williamsburg. A maioria dos apartamentos (do Bison, da Chun Li, etc.) são no Queens. Nós filmamos um monte no Central Park no episódio 5. E os escritórios da Capcom são nossos próprios escritórios no College Humor. A Capcom nos convidou para filmar em seus escritórios, mas no fim achamos que nos nossos seria melhor.

*risos* E ficou muito bom! então quantas pessoas você tem trabalhando em Street Fighter: The Later Years?

R: O elenco do College Humor TV consiste de mim mesmo e seis outras pessoas. Em nossa equipe temos 4-5 outras pessoas. Nosso time de pós-produção consiste de dois artistas dos efeitos especiais e um compositor. E então há os atores. Então provavelmente somos 25 pessoas juntas no projeto.

Quais foram alguns desafios ao fazer a série?

R: O maior desafio estava em escrever. Muitas vezes com estes virais, você não está preparado para tornar algo em uma série. Quando se torna claro que o primeiro vídeo era popular, nós trabalhamos duro para criar uma história que pudesse ser relevante e engraçada. Alguns dos episódios são melhores que outros, mas eu acho que quando terminarmos, as pessoas realmente irão se impressionar com o que fizemos.

Como foram os testes com os atores?

R: Nós publicamos online e em contratos como o Back Stage e tivemos as audições aqui no escritório. Por causa dos personagens de Street Fighter serem fisicamente distintos, isto torna fácil para encontrar pessoas baseadas em suas imagens. Zangief (Mike Fass) foi originalmente auditado para o papel de Guile. Guile (Nick Raio) fez testes seis meses antes de nós chamá-lo para ser Guile, e neste meio tempo procuramos por alguém para um Armazém de Roupas de Garotas e um Winter Wonderland. Eu conhecia Dhalsim (Sean Krishnan) de uma turma de atores que nós trabalhamos juntos a anos atrás. E Ken (Lev Gorn) já fez uma tonelada de coisas no College Humor: Carmen Sandiego, Osama Teen Hunger Force, etc. Chun Li foi a decisão mais difícil do elenco. Ana Parsons não é chinesa, ela é Filipina. Mas no fim nós decidimos que seu talento brilhava mais do que as outras candidatas que nós testamos com ela.

Filmando Later Years

Alguns de seus atores se comportam como os personagens fora das câmeras?

R: Alex Finch (Blanka) é um pouco menos bonito do que o Blanka na vida real. Por outro lado, os atores não são muito muito parecidos com seus personagens.

Quais foram os elementos que você podia ter mudado ou removido/adicionaado nos episódios anteriores?

R: Eu acho que erramos ao fazer o episódio quatro assumindo que as pessoas poderiam ficar felizes com um episódio de 3 minutos após seis meses esperando. Nós podíamos ter dado dois episódios em um, do mesmo jeito que algumas séries tem episódios de duas horas. Ao invés disso, fizemos um episódio cinco que era originalmente dois episódios em um, tendo uma resposta muito melhor. Eu também acho que é muito difícil de assistir os três primeiros episódios, devido a não termos alta definição por causa de nossos recursos limitados atualmente.

Quantos episódios você planejou no total? Você tem um ETA?

R: Nove episódios no total, e um rolo de out-takes, que eu estou realmente animado. Nós estamos lançando o episódio sete em poucas semanas, então a série estará terminada antes de Fevereiro.

Você tem planos para incluir personagens de outros jogos de Street Fighter? Dan por exemplo?

R: Nós decidimos no início que nos limitaríamos aos personagens de Street Fighter 2 do Super Nintendo. Nós não queremos incluir todo tipo de outros detalhes da franquia street fighter por medo de nos perder na obscuridade. Nossa série é para a maioria dos fãs de Street Fighter e fãs de comédia.

Você considerou obter uma licença para vender um DVD do The Later Years?

R: Eu pensarei mais claramente uma vez que a série tenha terminado. A Capcom me chamou depois do segundo episódio para dizer que eles amaram o que eu estava fazendo, então eu não posso imaginar que eles sejam opostos à idéia. Nós demos sorte lá. O truque em produzir para a Internet é que conseguimos trabalhar com pontos de referência que as pessoas são familiares sem problemas de copyright. Nós temos feito alguns pontos de plots em episódios recentes, com a Capcom querendo desligar o torneio por causa de infrações de copyright. Isto não é menos verdade na vida real. A Capcom não tem sido nada favorável.

Há alguma coisa que você possa compartilhar conosco sobre os próximos episódios?

R: O último episódio revela o plot maior da série que os fãs de Street Fighter terão de entender. O próximo episódio tornará claro através de flahbacks, como a corrupção começou. Uma espécie de sátira à série Lost, da ABC.

Algumas palavras para os fãs?

R: Assistam tudo da College Humor TV. Nós trabalhamos duro para reformar a mídia na Internet, e há muitas coisas legais para fãs de video game e de outros tipos.

Sam, obrigado novamente pelo seu tempo. Boa sorte com seus projetos futuros! Nós olharemos os demais eisódios!

R: Obrigado!

******************

Para quem ainda não assistiu o épico Street Fighter: The Later Years, dê uma olhada neste link do NeoSegaNet, contendo todos os 9 episódios legendados em português! Vale a pena, eu garanto!

Filmando Later Years

21. dezembro 2009 18:56 Comentários (0)

Rolador de Dados Online


Lista Lúdica Nos siga no Twitter! Assine nosso feed RSS!
RPG.Blogs RPG Brasil

Aviso

Todo o conteúdo deste site é de autoria de Fernando Jr e é expressamente proibida sua cópia sem autorização, constituindo plágio. Quando os textos forem traduções ou não forem de domínio público, terão referências para o site original e/ou nome do autor. Todas as imagens foram encontradas na Internet e pertencem aos seus respectivos criadores.